Agende sua consulta
Fale conosco pelo WhatsApp

Rizotomia lombar

imagem ilustrativa
Imagem: Shutterstock

9 maio, 2023

Por:

Técnica minimamente invasiva pode trazer alívio rápido às dores na coluna na região lombar

A famosa dor na coluna é um incômodo muito grande para algumas pessoas. Um dos procedimentos minimamente invasivos para o tratamento da dor na coluna lombar é justamente a rizotomia lombar, que ajuda a aliviar as dores crônicas na coluna e devolve qualidade de vida ao paciente.

A rizotomia lombar, também chamada de rizotomia facetária lombar, é realizada de forma percutânea, com a vantagem de não oferecer quase nenhum risco ao paciente. A técnica minimamente invasiva tem o objetivo de desativar os nervos nas articulações que transmitem a sensação de dor ao cérebro.

O alívio da dor pode ser temporário ou permanente, mas isso vai depender da completa regeneração dos nervos. Por esse motivo, o especialista de coluna indica ao paciente tratamentos complementares de fortalecimento muscular e fisioterapia para uma reabilitação total.

Entre em contato agora mesmo e marque sua consulta

Como é feita a rizotomia lombar

Como dito, o procedimento é minimamente invasivo, o que significa que é feito sem cortes —— sendo assim com menos agressão aos tecidos, sangramentos e cicatrizes. O paciente que realiza a rizotomia lombar recebe uma sedação leve e anestesia local e pode até ficar acordado durante o procedimento.

O cirurgião utiliza um equipamento de radiofrequência conectado a agulhas bem finas com eletrodos na ponta. O aparelho é orientado por raio X contínuo para indicar a posição correta do nervo sensitivo ao médico, que pode introduzir a agulha no ponto exato da dor para cauterizar o nervo e inutilizá-lo.

Como o aparelho indica com extrema precisão a posição dos nervos sensitivos, não há risco de o cirurgião atingir os nervos com função motora, fator que garante ainda mais segurança ao procedimento de rizotomia lombar.

Quando é indicada?

Pacientes que sofrem de lombalgia crônica ou quando os exames não apontam uma causa específica para a dor podem se aproveitar da rizotomia lombar. O procedimento é indicado para casos que não foram resolvidos com tratamentos conservadores, como o uso de medicamentos e exercícios de correção de postura e fortalecimento muscular, por exemplo.

A cauterização dos nervos sensitivos também é indicada para pacientes que não tenham qualquer outro tipo de alteração na região lombar, tais como presença de hérnia de disco ou artrose. A recomendação é de que o procedimento só seja feito em casos de o paciente não tiver condições clínicas de tratar essas doenças com cirurgias.

Cuidados pré rizotomia lombar

Como a rizotomia lombar é realizada em um centro cirúrgico e o paciente recebe anestesia local, é necessário fazer um jejum de oito horas ou pelo período recomendado pelo médico. Outras recomendações importantes referentes ao preparo são:

  • Informar ao médico se faz uso de algum medicamento diário, principalmente anticoagulantes;
  • Não aplicar calor no local da rizotomia;
  • Ir acompanhado de um adulto no dia do procedimento.

Entre em contato agora mesmo e marque sua consulta

Cuidados pós procedimento

A rizotomia lombar é um procedimento simples que não requer internação, desse modo o paciente pode ir para casa depois de algumas horas. O médico vai avaliar cada caso de maneira individual para recomendar o período de repouso adequado, mas, no geral, a pessoa pode retomar a sua rotina normal dentro de poucos dias.

A dor na região lombar pode aliviar de maneira considerável depois de algumas semanas, devolvendo o conforto e qualidade de vida ao paciente. Mesmo assim, é importante destacar que o procedimento pode não acabar com 100% da dor, pois depende muito das condições de cada paciente.

Qual profissional realiza a rizotomia lombar

A rizotomia lombar é um procedimento rápido e seguro, bastante indicado para aliviar as dores crônicas na lombar de modo eficiente. Como trata-se de uma técnica minimamente invasiva, a recuperação é tranquila e menos dolorosa, eliminando praticamente o risco de complicações.

O Dr. Lucas Vasconcellos é neurocirurgião especialista em coluna com especialização em Cirurgia Endoscópica e Minimamente Invasiva, realizada na Alemanha. Um profissional com todo o conhecimento necessário para realizar procedimentos menos agressivos ao organismo do paciente.

Agende sua consulta e entenda mais sobre o assunto com o Dr. Lucas Vasconcellos.

Entre em contato agora mesmo e marque sua consulta

Fontes:

Sociedade Brasileira de Coluna

Sociedade Brasileira de Neurocirurgia